domingo, janeiro 08, 2006

“Corpse Bride” (2005), Tim Burton/Mike Johnson



Why go up there when people are dying to get down here?

Depois de “Nigthmare Before Christmas”, Tim Burton volta a aventurar-se nos filmes de animação utilizando o método de stop-motion.

“Corpse Bride” relata a história de um casamento de conveniência entre uma família de peixeiros novos-ricos e uma família aristocrata em ruína. O noivo é um jovem tímido, Victor (voz de Johnny Depp), que se sente assustadíssimo com o seu casamento.
No dia do ensaio da cerimónia, conhece a noiva Victoria (voz de Emily Watson), com quem acaba por simpatizar bastante. Mas o ensaio corre tão mal que Victor refugia-se na solitária floresta em onde treina os votos. Estes saem tão perfeitos que Victor põe o anel de noivado no que achava ser o ramo de uma árvore. É então que surge a Noiva Cadáver (voz de Helena Boham-Carter) que insiste em dizer ser a sua nova esposa.

Baseado num conto tradicional russo, “Corpse Bride” tem como pano de fundo uma Inglaterra vitoriana cinzenta e governada por convenções e contratos sociais. É assim que Tim Burton vê o mundo dos vivos.
No oposto, vemos o mundo dos mortos bastante colorido, animado, onde esqueletos cantam jazz e dançam sapateado.
Todo este imaginário algo mórbido e sepulcral, já antes explorado no belíssimo “Nigthmare Before Christmas”, volta a ser o cenário que Tim Burton escolheu para nos contar uma história de amor.

Tecnicamente brilhante e visualmente arrebatador, “Corpse Bride” é uma história trágica, onde a personagem da Noiva Cadáver, a eterna sacrificada, é a “personificação” de um amor não correspondido.
Os ambientes góticos, a banda-sonora do já fiel colaborador de Tim Burton, Danny Elfman, a construção de personagens e ambientes e a trágica história de amor fazem deste “Corpe Bride” um encanto para os olhos, ouvidos e sentimentos.

* * * *

7 comentários:

H. disse...

achei inferior ao Nightmare Before Christmas, mas sem dúvida foi a animação de 2005, um daqueles filmes que é simplesmente obrigatório, tocante e fascinante. Burton regressa com o seu universo de inadaptados com um coração do tamanho da vida (e da morte)...
lindo!

Júlio disse...

Em termos técnicos supera o Nightmare Before Christmas apesar de não ter uma estória tão gira, mais bem contruída e contada.
Apesar de não ser um fan deste tipo de filmes reconheço o mérito devido e achei-o muito bom (ainda bem que não é tão comprido:P)
Devo dizer que só o vi por tua causa, por isso: obrigado ;P

am.t

Charlotte disse...

concordo que o argumento é de certa forma inferior ou mais fraco se quiseres em relação ao Nightmare Before Christmas, mas em termos técnicos sem dúvida um dos melhores filmes que já vi, às vezes a meio do filme só pensava *este minuto demorou uma semana a fazer*, adorei duma ponta à outra. Só acho que eram escusadas a duplicação de uma mesma piada, primeiro subtilmente exposta para depois ser explorada explicitamente.. mas sem dúvida um dos melhores.
boas criticas =P ****

gonn1000 disse...

Tecnicamente está bem conseguido, mas para ser um filme convincente precisava de um trabalho mais elaborado no argumento. Uma oportunidade desperdiçada...

Francisco Mendes disse...

Perde em comparação com o mirabolante e inefável mundo gerado em "The Nightmare Before Christmas", pessoalmente falando claro. Mas é uma apaixonante ode ao amor e ao sacrifício com a refinada sensibilidade gótica do mestre Burton.

Insano disse...

Epá, tudo bem, é do Tim Burton e tal. Mas não gostei! Além das piadas feitas à primeira p'ra gente normal e repetidas p'ros "dummies" que não perceberam, é demasiado simples. A estória não é grande coisa, a sério, não fosse o facto de ser uma animação em stop-motion e de ser um "Tim Burton", aposto que vocês mal davam pelo filme. Too childish to...keep on with the reviews! ***

Anónimo disse...

best regards, nice info Free home insurance nevada owner quote rateing portable dvd players Ferrari f430 hamann voice+over+ip+explained Bastrop county homeowners insurance agents Home security system prices 24 hour monitoring texas a m baseball coaches record chandler johnson Bank mortgage insurance humidifier filters ge appliances country planet venlafaxine and bipolar disorder Personal mortgage insurance in england Tax deduction of health insurance c corporation