sábado, outubro 28, 2006

“The Devil wears Prada” (2006), David Frankel



You are in desperate need of Chanel.

Andrea (Anna Hathaway) é uma jovem aspirante a jornalista que arranja o primeiro emprego numa revista de moda, a Runway, da qual nunca ouviu falar. Só que esta revista que lhe é desconhecida, é a maior revista de moda do mundo e tem como editora uma das mulheres mais conhecidas e implacáveis: Miranda Priestly (Meryl Streep).
Andrea passa a ser a nova assistente de Miranda, um emprego que milhares de raparigas gostariam de ter. Mas para a jovem tudo se torna num verdadeiro inferno uma vez a arrogante chefe despreza completamente os seus funcionários e obriga-os a cumprirem os seus exigentes caprichos.

“The Devil wears Prada”, filme que foi claramente inspirado na editora chefe da Vogue americana, Anna Wintour, dá-nos a conhecer os bastidores de uma revista de moda onde as aparências são o que realmente interessam. Os funcionários e a própria chefe têm que abdicar da vida pessoal em prol da dedicação e sucesso da revista.
Mas o que realmente é aqui analisado é a atitude de Miranda, uma excelente profissional com exigências extravagantes mas que no fundo compensa no trabalho aquilo que lhe falta na vida privada.

Este é um filme divertido, cheio de estilo e de piadas em torno do mundo dos estilistas e das passerelles.
Meryl Streep é espantosa na sua interpretação da fria e arrogante Miranda. Um papel em que não a imaginávamos mas que sem dúvida lhe assenta como uma luva. Chanel de preferência.

* * *

1 comentário:

Hugo Alves disse...

Achei que o filme era só a Meryl Streep. O resto era puro vazio, porque mesmo quando ela não estava no écran, acabava por dominar tudo o que se ia passando. Basta atentar no facto de nunca sair do pensamento das restantes personagens...