terça-feira, abril 25, 2006

“The ice harvest” (2006), Harold Hamis



He actually threatened to shoot Gladys if I did't tell him where the money was. But I think he was counting on a level of commitment and affection between her and me that just simply wasn't there.

Charlie (John Cusack) e Vic (Billy Bob Thornton) são dois advogados que planeiam roubar 2,15 milhões de dólares ao patrão na véspera de Natal. Pretendem fugir da sua cidade, Wichita, mas a fuga é adiada para o dia seguinte por causa de uma tempestade de gelo. Entretanto Charlie faz planos com a femme fatale Renata (Connie Nielsen), por quem está apaixonado, para ela partir com ele.

“The ice harvest” vai buscar todo o imaginário dos filmes noir mas fica-se apenas pelas boas intenções: na prática é um filme aborrecido, um tanto confuso, com um argumento banal que nunca chega a cativar.
John Cusack, um actor que já nos habituou à sua entrega total em papéis de “pessoas normais”, e algumas piadas de humor negro são as melhores coisas deste filme.
A prestação de Cusack como advogado de um mafioso apaga quase por completo todas as outras personagens do filme, nomeadamente a de Billy Bob Thornton que passa completamente despercebido.

* *

3 comentários:

Júlio disse...

Não é assim TÃO aborrecido.. E confuso? Pq n tavas a prestar atenção nenhuma;P
Seleccionaste a frase q t tinha dito ehe. ^
Gostei do final. Fins que acabam ao volante nunca acabam.

H. disse...

Cusack, sempre sempre adorável. Mas pco mais se aproveita... Esperava melhor...

Joana C. disse...

júlio: não estava com muita atenção porque achei o filme aborrecido e não me captou muito interesse. Tinha que escolher essa frase :P
bjs***

h. - O Cusack é, sem dúvida alguma, o melhor do filme.