segunda-feira, julho 03, 2006

“Samaria/Samaritana” (2004), Kim-Kid-Duk



Cheia de graça

O ano passado estreou discretamente nas nossas salas uma das mais belas histórias de amor a que assisti nos últimos anos: "Ferro 3/Bin-jip". Este foi o primeiro filme que vi do cineasta sul coreano Kim-Kid-Duk e posso dizer que fiquei fã da sua forma contemplativa e serena de filmar.
Chega agora até nós “Samaria”, filme que data de 2004 e que ganhou o Prémio de Melhor Realização no Festival Internacional de Cinema de Berlim.

Jae-Young (Yeo-reum Han) é uma adolescente que se prostitui com o fim de arranjar dinheiro para ela e a sua melhor amiga viajarem até à Europa. A amiga, Yeo-Jin (Ji-min Kwak), marca os encontros com os clientes e alerta a sua amiga quando esta corre perigo de ser descoberta.
Mas um dia Yeo-Jin distrai-se e Jae-Young é surpreendida pela polícia quando está com um cliente. Apavorada, a jovem atira-se da janela e acaba por morrer no hospital.
Sentindo-se culpada pela morte da melhor amiga, Yeo-jin decide encontrar todos os clientes com quem Jae-Young teve relações e devolve-lhes o dinheiro que ambas tinham conseguido juntar.

“Samaria” é um filme sobre redenção e catarse. Yeo-jin, pretende penitenciar-se da morte da amiga e assim vai percorrer o mesmo caminho que ela. Ao dormir com todos os homens que foram clientes de Jae-Young e ao restituir-lhes o dinheiro, a adolescente sente que, de certa forma, está a redimir-se e a livrar-se da imensa culpa que a assola.
Também surge a figura do pai de Jae-Young que acaba por descobrir que a filha se prostitui. Sem nunca a encarar com o facto de saber o que ela faz, o pai segue os seus clientes e procura vingar-se pelas próprias mãos.

“Samaria” é um belíssimo filme que, tal como “Ferro 3/Bin-Jip”, é engrandecido pela força ascética das imagens.

* * * *

11 comentários:

Júlio disse...

Para ser sincero gostei mais deste que do Ferro3.
Gostei da divisão em três partes com a focalização dando uma maior ênfase a cada personagem, embora estejam todas, de alguma forma, interligadas. Achei piada o facto de quererem atingir o objectivo de vir para a Europa.
O realizador lá não é mt apreciado, enquanto cá (quer dizer, na Europa) é alvo de criticas mais calorentas.
Como a tua.

Joana C. disse...

Júlio: eu não sei de qual gostei mais...achei os dois tão bonitos! Também gostei do facto da história estar dividida em três capítulos.
Acho que o Kim-Kid-Duk é muito criticado no seu país porque retrata temas polémicos nos filmes (e temos que ver que a Coreia do Sul não tem uma sociedade tão aberta como as da Europa).

H. disse...

Gostei mais do Ferro 3 mas a poesia do realizador tb está aqui mto presente. Um filme simultaneamente duro e contemplativo...

amazing disse...

Desconheço por completo mas agora fiquei super curioso.
Tenho que ver se vejo.

João D. disse...

gostei foi muito da review miúda. Tá mais..completa, sem perder o sentido crítico.

Anywayt em relação ao filme não sei, acredito que essa redenção e noção de culpabilidade, lhe dê um grande interesse. Mas o mais provável é esperar a saída em dvd.

Por falar em filmes coreanos, já vias o oldboy não? ok faz um bocadito de impressão e tal, masd é um daqueles com um fim em que um gajo só consegue dizer simplesmente: FODA-SE.

Joana C. disse...

João: obrigada, ainda bem que gostaste. Devias ir ver o filme, vale mesmo a pena.
Não vi o "Oldboy" mas ouvi dizer muito bem dele...talvez um dia alugue o DVD.

João D. disse...

posso-te emprestar...tenho-o cá por casa em edição com 2 dvd's (à pala de um cheque disco no último natal)

Princesa Sisi disse...

fixe, fixe. =)


gostei muito de ferro 3, muito bonito =)


devias ver o "primavera,verão, outono, inverno e... primavera" do mesmo diretor, é, também, muito bonito ^^ beijos**

Princesa Sisi disse...

OLDBOY!!! yesss! ora ai está um filme e pêras! é muito bom!

faz parte de uma trilogia tematica. os outros dois são, um anterior a oldboy - sympathy for mr. vengeance - e outro q é depois - sympathy for lady vengeance - também muito bons!

Chan wook Park é relativamente recente, tem poucos filmes feitos, mas os que tem são bons! vale também ver, Joint Security Area deste mesmo ^^

depois dêm uma olhada no www.imdb.com lá encontram td sobre o pessoal ^^

Anónimo disse...

Very nice site! Illuminated kick plates infiniti Bill mitchels hardcore

Mouroblog disse...

É relamente um grande filme sendo pequeno sendo compacto sendo imenso em humanidade,