sábado, setembro 10, 2005

“Charlie and the chocolate factory” (2005), Tim Burton



Chewing gum is really gross, chewing gum I hate the most.

Quando se fala de Tim Burton, adjectivos como excêntrico, mágico, colorido e imaginativo estão sempre presentes. É um dos realizadores com maior capacidade de criar fábulas intemporais aliadas a um imaginário repleto de fantasia.

“Charlie and the chocolate factory” encaixa perfeitamente no mundo de Tim Burton.
Willy Wonka (Johnny Depp) é o bizarro dono de uma fábrica de chocolates que pretende receber cinco visitantes, coisa que não fazia há quinze anos.
Charlie (Freddy Highmore), um rapaz de famílias pobres, é um dos contemplados com um bilhete premiado e vê então o seu sonho de conhecer a fábrica realizado.
Charlie, ao contrário das outras quatro crianças (é importante realçar que cada uma delas apresenta um “defeito”:gula, excesso de mimo, autoconfiança exacerbada e vício televisivo) é o único que fica fascinado e encantado com o mundo colorido e bastante musical de Willy Wonka e, por isso mesmo, é o único justo vencedor do prémio especial que acaba por conquistar.

Na bondade, generosidade e simplicidade da personagem de Charlie é que Tim Burton procura fazer a “moral” do filme. O bem vence o mal.
Mas “Charlie and the chocolate factory” é muito mais que isso pois aborda também o passado angustiado e infeliz de Willy Wonka que vê uma criança, Charlie, a dar-lhe uma lição de como os valores familiares são importantes.

As interpretações de Johnny Depp e Freddy Highmore (o pequeno Peter-Pan de “Finding Neverland”) são grandiosas, tal como o filme.
“Charlie and the chocolate factory” diverte, cativa e educa, coisas que é raro um filme fazer ao mesmo tempo. Por isso mesmo este filme é já um dos preferidos a melhor filme do ano para muita gente (e para mim também).Vale a pena visitar o mundo surrealista e mágico de Tim Burton. Tal como a sua fábrica de chocolates.

* * * * *

9 comentários:

Spaceboy disse...

Junto-me a quem considera este filme um dos melhores do ano! Genial como só o Tim Burton sabe fazer!

Anónimo disse...

Chewing gum is really gross, chewing gum I hate the most.
*

João D. disse...

Realmente é um belo filme. Não grande, não excelente, mas belo. Uma excelente adaptação do burton, que será possivelmente o melhor realizador no mundo a fazer filmes com um imaginário mais infantil, ou mágico.

Pronto joaninha,tu também sabes que eu achei o filme bonito e tal..Fica bem :)

H. disse...

um filme mto bom, sem dúvida!
esta sim, uma das estreias imperdíveis de 2005!

vou-te linkar no meu espacinho de cinema, ok?...

www.playthatmovieagain.blogspot.com

Charlotte disse...

Willy Wonka, Willy Wonka, what a wonderful chocolateer, Willy Wonka, WIlly Wonka, Everybody gives a cheer!! =) Cinco estrelas sem dúvida nenhuma.
****

trissomico disse...

O filme é genial, até agora, a par do Crash, o melhor filme do ano. Adorei a homenagem ao 2001 Odisseia no Espaço do Kubrick, não conseguia parar de rir.
Fica bem

Anónimo disse...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. http://www.valtrexbuy.info/Freeansweringmachinethemes.html answering machine mobile phone save she fucks him strap on Used mitsubishi fuso cargo trucks sewell hummer dallas Us companies moving to france home health2binfection control surveillance tooth pain relief

Anónimo disse...

Cool blog, interesting information... Keep it UP » »

Anónimo disse...

intiresno muito, obrigado