sexta-feira, setembro 15, 2006

“Volver” (2006), Pedro Almodóvar



Voltar a casa

Almodóvar, cineasta (re)conhecido por transpor para os seus filmes o complicado universo das mulheres, volta a esta sua preferência após o seu último filme ("La Mala Educación") ser uma evocação do seu próprio passado e das suas vivências num mundo de homens.

Em "Volver" seguimos os passos de três gerações de mulheres fortes e determinadas mas com os medos e superstições a que o sexo feminino está mais susceptível.
Neste filme em que Almodóvar escolheu a sua terra natal como cenário (a ventosa La Mancha), Irene (Carmen Maura), que todos julgavam morta num incêndio juntamente com o seu marido, aparece às suas filhas para resolver alguns problemas pendentes.

Apesar da premissa espiritual e sobrenatural, "Volver" é um filme bastante realista sobre mulheres endurecidas pela vida e pelos homens, o eterno mal nos filmes de Almodóvar.
O desempenho das actrizes, premiadas no Festival de Cannes deste ano, é excepcional, com principal destaque para Penélope Cruz. A sua interpretação como Raimunda, sem dúvida a mais sofrida e forte destas mulheres, é admirável e mostra-nos o talento de uma actriz que até agora não se tinha revelado com a mesma paixão pela arte do cinema.

* * * *

7 comentários:

Júlio disse...

Achei muito bom. As actrizes fizeram um trabalho apaparicado!

João D. disse...

miúda,diz-se que a penélope só se arranja em termos com o almodovar. Daí que ela já é capaz de ter brilhado com o homem...até acredito que ela como actriz se arranje decentemente.embora,pronto eu não tenha visto pérolas como o céu de baunilha.

fica bem..e bom regresso de férias

H. disse...

Por acaso não destacaria a Penélope Cruz, mas sim qualquer uma das outras, mas ela não está nada mal.
Volver é um filme comovente e cativante, que capta plenamente uma parte da essência feminina!
Excelente regresso de Almodóvar :)

gonn1000 disse...

Também gostei muito, é um dos melhores do ano.

Hugo Alves disse...

Concordo com a H. Acho que Penélope só se destaca por trazer à memória a recordação da Anna Magnani. Efectivamente, é o elenco feminino, em si, que sobressai.

Spaceboy disse...

Vi-o há pouco tempo e também gostei imenso. E aqui a Penélope está mesmo em grande!

maludebr disse...

Puxa, que legal, quantas opiniões elogiosas masculinas! Esperava menos desde que o filme caracteriza seus personagens masculinos como, indolentes, preguiçosos, beberrões, traidores e perversos... Outra excelente pelicula de Almodóvar. Infelizmente é a única coisa que vemos no Brasil dos filmes ibéricos. Não passam os portugueses por aqui... gostaria muito de conhecer a filmografia lusitana.